O primeiro carro de Miguel Athayde Marques

|AUTOCLUBE

O primeiro carro de Miguel Athayde Marques

"O ACP é sinónimo de AUTOMÓVEL e de competência”
Miguel Athayde Marques (sócio 71675) viajou de Renault 5 até ao Reino Unido enquanto lá estudou e trabalhou durante seis anos.
Natural de Lisboa, casado e com dois filhos, o vice-Reitor da Universidade Católica Portuguesa, não dispensava o seu Renault 5 quando vinha de férias a Portugal. Eram 5.000 km de viagem.

Qual foi o seu primeiro carro?

Um Renault 5 que os meus pais me ofereceram quando terminei o curso de Gestão na Universidade Católica e iniciava a minha carreira profissional. Estávamos em 1978.

Fez muitas viagens nesse Renault 5?

Em 1980 eu e a minha mulher fomos fazer o Doutoramento no Reino Unido e levámos o carro. Durante os seis anos em que lá estivemos, viajámos pelo país e viemos diversas vezes a Portugal, sempre com o Renault 5. De cada vez que vínhamos, no verão, eram mais de 5.000 km ao volante do nosso pequeno carro.

O que mais lhe agradou no carro?

A fiabilidade. Naquelas longas viagens, o carro ia acumulando quilómetros sem uma única avaria.

Conservou-o muito empo?

Durante os oito anos em que cumpriu maravilhosamente a sua missão.

O que mais aprecia nos automóveis?

O design, o conforto e a potência. Gosto de automóveis, tanto aprecio o último modelo de uma marca como os carros que fizeram história durante mais de um século de indústria.

Também gosta de clássicos…

Sou grande apreciador, especialmente dos construídos a partir dos anos 50. Tenho um Jaguar E cabriolet de 1973, que me encanta. Faço parte do ACP Clássicos e participo regularmente em passeios de clubes, como o dos Alumni da Universidade Católica.

Que ideia tem do condutor português?

Melhorou em civismo, mas ainda há uns quantos “criminosos” na estrada. e devia haver mais vigilância para punir semelhantes comportamentos.

Mas, em geral, penso que temos uma atitude aceitável, sobretudo se nos compararmos com alguns países, até europeus. Uma coisa que oiço da parte de estrangeiros que nos visitam é o respeito que os condutores têm nas passagens de peões, o que é um indicador de civismo, em qualquer parte do mundo.

Quais são os serviços do ACP que mais utiliza?

Os serviços mecânicos, o reboque e a certificação de clássicos. Considero, especialmente, o ACP Clássicos muito útil e prestável.

Em sua opinião, o ACP é sinónimo de…

Para mim, ACP é sinónimo de AUTOMÓVEL e de competência.

scroll up