O primeiro carro de Fernando Póvoas

|AUTOCLUBE

 

ACP-Classicos-Primeiro-Carro-Fernando-Povoas-detalhe

"ACP é aquele amigo que est´ao nosso lado nas horas difíceis.”

Optar por refeições leves, sem álcool, é o que Fernando Póvoas (sócio 230171) recomenda para viajar em forma. Siga os conselhos de um dos nutricionistas portugueses mais conhecidos e tenha umas boas férias.

Qual foi o seu primeiro carro?

Um Fiat 128, preto.

Ainda se lembra dele?

Claro e com saudade, foi o prémio dos meus pais pela minha entrada na Faculdade de Medicina do Porto. Quando me perguntaram que carro queria lembro-me de ter pedido um Datsun 1200 mas como tinha que esperar seis meses, além de custar mais 1000 escudos que o Fiat e isso na altura era um factor importante, acabei por escolher um Fiat 128 e preto igual ao do Rodolfo Reis, jogador do FCP. Como portista que sou daí a justificação pela escolha dessa cor...

Recorda algum episódio marcante com esse carro?

Na viagem de núpcias convenci a minha mulher a irmos a Andorra dizendo-lhe que era muito bonito, tinha muita neve… Mas no fundo o que eu queria era comprar lá um rádio Pioneer e 4 colunas para o carro porque era o que se usava na altura e bem mais barato que em Portugal. Comprei ainda cassetes dos Bee Gees e dos Abba que viemos a ouvir a viagem toda no regresso porque também não tínhamos outras… Foram tempos bem felizes.

Que tipo de alimentação aconselha nas viagens de carro em tempo de férias?

Os hidratos de carbono e sumos devem fazer parte da ementa. Fazer pequenas refeições de duas em duas horas aproveitando as paragens para combater a fadiga. Tolerância zero para o álcool, evitar refeições abundantes e de difícil digestão, que aumentam a sonolência. Também não se deve conduzir com fome.

Quem passa muito tempo a conduzir deve praticar exercício físico?

Sem dúvida quanto melhor estivermos fisicamente mais disponíveis estamos para enfrentar muitos quilómetros da estrada. Aqui eu não gosto de impor este ou aquele exercício prefiro que façam o exercício que dê mais prazer desde a caminhada à corrida, passando pelo ciclismo ou a dança. Fazendo exercício estamos a libertar as endotrofinas que nos dão boa disposição, melhoram a circulação sanguínea e a qualidade do sono, a capacidade respiratoria, fortalecem e tonificam os músculos, tornam as pessoas mais tolerantes e calmas, melhoram a nossa autoestima e a longevidade.

A obesidade também é inimiga da condução?

A obesidade traz consigo um sem número de patologias associadas como a hipertensão, diabetes ou apneia de sono que é tantas vezes causa de acidentes fatais.

Tirou recentemente a Licença Internacional de Condução (LIC) no ACP. Vai viajar para onde?

De momento não tenho programada qualquer viagem de automóvel, apenas tirei a Licença porque além ter clínicas no Porto e em Lisboa tenho uma clínica em Luanda para onde me desloco de dois em dois meses. E aí gosto de fazer umas viagens ao fim de semana para conhecer melhor aquele simpático país.

Para si o ACP é sinónimo de…

Para mim, o ACP é aquele amigo que está ao nosso lado nas horas difíceis.

scroll up