Lisboa acordou com novas energias de António Félix da Costa

|AUTOCLUBE

O campeão do mundo de Fórmula E festejou e passeou pelo coração de Lisboa ao volante do DS E-Tense FE20.

DS-2-840

António Félix da Costa viveu momentos emocionantes nas principais artérias da capital, tripulando o carro com que se sagrou campeão do mundo com a DS Techeetah na época de 2019/2020. “Trazer sorrisos às caras das pessoas foi das melhores sensações desta manhã. Foi incrível sentir a alegria dos lisboetas à nossa passagem”, referiu Félix da Costa depois do “Road Show” proporcionado pela equipa, entre o Museu dos Coches e o Marquês de Pombal. O piloto português deixou a BMW para ingressar esta temporada na DS Techeetah, sagrando-se campeão do mundo em Berlim. Para ele o campeonato de Fórmula E é um dos campeonatos mais competitivos do mundo. “Uma boa equipa sem um bom piloto, ou um bom piloto sem uma boa equipa nunca podem ser campeões”, esta a forma de Félix da Costa agradecer à sua nova equipa um ano em pleno. Para o piloto, o futuro da Fórmula E está garantido, tanto em termos de inovação como em gerar emoções, adiantando ainda que Lisboa tem capacidade para receber uma corrida de Fórmula E.

Este festejo do campeão do mundo e da DS Techeetah, acabou por ser um evento inédito promovido num contexto em que a mobilidade elétrica e sustentável assume um papel da maior relevância e que promove a própria cidade de Lisboa, sublinhando-se a importância da transição energética. O piloto português de 28 anos, que ostenta o habitual nº 13, estreou-se aos comandos do DS E-Tense FE 20 na Temporada 6 do Campeonato FIA de Fórmula E, em novembro de 2019 em Riyadh, Arábia Saudita. António Félix da Costa disputa o Campeonato FIA de Fórmula E desde a primeira temporada, tendo participado, em mais de seis dezenas de provas, onde alcançou diversas pole-positions, vitórias e outros lugares no pódio. Depois de, em 2018/2019, ter terminado o Campeonato de Pilotos no 6º lugar, na última temporada António Félix da Costa realizou uma época de luxo e acabou por vencer o campeonato, num contexto de domínio absoluto da equipa DS Techeetah, acumulando recordes e culminando com uma vantagem de 71 pontos para o mais direto rival na competição, sublinhando-se a título de exemplo a prova de Berlim, na qual assegurou a “pole-position”, volta mais rápida e vitória na corrida. Campeã de Fórmula E em 2018-2019 e 2019-2020, a DS Techeetah apresentou nesta última temporada um novo monolugar, o DS E-Tense 20, e uma nova imagem.

scroll up