Kevin Benavides vence em dia de ataque da Honda

|AUTOCLUBE

Na etapa de hoje, a Honda poderá ter dado o golpe de misericórdia nas pretensões da KTM.

Benavides-SS9

Kevin Benavides e o líder José Ignacio Florimo colocaram as suas Honda nos dois primeiros lugares do dia, com Benavides a ganhar uma vantagem de 1m34 para Florimo. Na perseguição aos dois homens da frente, a diferença foi grande, com a Yamaha de Adrien Van Beveren a alcançar o 3º tempo, mas já a 13m52 do vencedor. A melhor KTM foi a de Mathias Walkner no 4º lugar a 14m19, seguida pela Honda de Joan Barreda a apenas dez segundos. As Hero de Joaquim Rodrigues e Sebastian Buhler chegaram ao final da 9ª etapa. Rodrigues foi 13º a 31m48 de Benavides e Buhler o 24º a 58m28. O dia não correu bem a Rui Gonçalves que terminou a etapa no 39º lugar.

Este poderá ter sido o golpe decisivo da Honda em relação ao duelo com a KTM, uma vez que na classificação geral as diferenças já são assinaláveis. Depois da etapa de hoje, José Ignacio Florimo comanda com uma vantagem de 11m24 para a outra Honda de Kevin Benavides, com Joan Barreda a colocar a terceira Honda no 3º lugar a 29m00. Depois colocam-se as duas melhores KTM, com Sam Sunderland no 4º lugar a 30m34 e Daniel Sanders na 5ª posiçºão a 38m23, à frente de mais uma Honda tripulada por Ricky Brabec a 39m26. Embora tudo possa acontecer, a Honda parece controlar os acontecimentos. Joaquim Rodrigues está perto de conseguir um “top ten” nesta edição do Dakar, ocupando o 12º lugar da geral, enquanto Buhler é o 16º. Rui Gonçalves está na 22ª posição.

scroll up