Hamilton testou positivo à Covid-19 e falha GP de Sakhir

|AUTOCLUBE

A Mercedes não vai poder contar com os serviços do sete vezes Campeão do Mundo de F1 este fim-de-semana no GP de Sakhir, no Bahrain.

Hamilton-Out

Lewis Hamilton, que conquistou a sétima coroa da carreira na Fórmula 1 na Turquia e que venceu o Grande Prémio do Bahrain no passado domingo, foi testado por três vezes na semana passada, incluindo na tarde de domingo, como parte do programa de despistagem da Corvid-19, acusando negativo em todos os testes, de acordo com o divulgado pela Mercedes.

Contudo, na manhã de segunda-feira o piloto acordou com sintomas ligeiros e foi informado na mesma altura que um contacto anterior à chegada ao Bahrain tinha testado positivo.

Hamilton foi submetido a novo despiste que acabou por dar positivo. Um segundo teste levado a cabo posteriormente confirmou o resultado.

O britânico está agora isolado de acordo com os protocolos da Covid-19 e em conformidade com as regras de saúde pública do Bahrain. A equipa fez também saber que, tirando os sintomas ligeiros, o piloto encontra-se bem e que anunciará o substituto do britânico em breve.

Quem também vai falhar a segunda corrida no Bahrain, mas por motivos diferentes, é Romain Grosjean. O francês foi vítima de aparatoso acidente na Curva 3, logo na primeira volta do GP do Bahrain, do qual saiu milagrosamente ileso após o seu monolugar se ter partido em dois e incendiado. Grosjean está no hospital a recuperar de queimaduras em ambas as mãos, pelo que o seu lugar será ocupado por Nikita Mazepin. O russo, que venceu a corrida de Fórmula 2, assinou contrato plurianual nesta segunda-feira para correr pela equipa a partir da próxima época e vê agora a estreia na formação antecipada.

scroll up