Chuva batizou 100ª vitória da carreira de Hamilton na Rússia

|AUTOCLUBE

Lewis Hamilton arriscou e ganhou numa corrida agitada, onde Max Verstappen terminou no 2º lugar e Carlos Sainz em 3º.

HAMILTON-Russia-900

A chuva apareceu no circuito de Sochi para complicar as contas do GP de Fórmula 1 da Rússia. Hamilton vence pela 100ª vez na sua carreira e pela 5ª vez na Rússia, passando para a liderança do campeonato com 2 pontos de avanço para Max Verstappen que recuperou do último lugar da grelha de partida até ao 2º lugar final. Tanto Hamilton como Verstappen assinaram uma grande corrida, estando cada vez mais equilibrados na luta pelo título de 2021. Mas para além destes protagonistas, houve mais heróis em Sochi. Lando Norris em Mclaren chegou a ter a vitória na mão depois da “pole position” e também Carlos Sainz, George Russel e Fernando alonso tiveram uma corrida muito positiva.

Tentar não entrar em lutas especificas e assinar uma corrida limpa, embora com alguns riscos, foi a tática de Lewis Hamilton para atingir mais um recorde na sua carreira. Norris deixou os pneus slick já com a chuva a cair no circuito e acabou por terminar num 7º lugar, atrás do seu colega de equipa Daniel Riicciardo que fechou a corrida na 4ª posição, deixando pelo meio um sacrificado Valtteri Bottas que terminou no 5º lugar, na frente de Fernando Alonso. Propositadamente, Bottas mudou o motor do Mercedes, com o objetivo de partir do final da grelha, para tentar controlar Max Verstappen que saiu de último. Apesar de tudo Verstappen assina uma corrida fantástica com o Red Bull, atingindo a 2ª posição, na frente do Ferrari de Carlos Sainz que terminou a prova russa no 3º lugar do pódio.

Após uma corrida muito emotiva, Lewis Hamilton regressa à liderança do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 com 246,5 pontos, seguido por Max Verstappen com 244,5 e por Valtteri Bottas com 151. Lando Norris, que esteve com um pé no pódio, é o 4º do campeonato com 139 pontos, seguido por Sérgio Perez com 120. Entre os construtores a Mercedes alarga a vantagem, comandando com 397,5 pontos, seguida pela Red Bull com 364,5 e pela McLaren com 234 pontos.

scroll up