Alfa Romeo reabre museu no dia em que faz 110 anos

|AUTOCLUBE

Dia 24 de junho o Museu de Arese abre portas ao público e celebra mais de um século de vida da marca italiana.

Alfa-Romeo-Museum-840

O Museu Alfa Romeo reabre ao público numa data muito especial: 24 de junho, dia em que a marca celebra o 110.° aniversário da sua fundação. Vai haver uma surpresa para clubes e fãs que, além de terem a oportunidade de visitar a exposição permanente, terão acesso, pela primeira vez, a áreas até agora encerradas e fora do percurso do museu: os dois pisos do antigo Centro de Gestão de Arese, onde a coleção se encontra conservada, ou seja, os bastidores do museu, que incluem outras 150 viaturas, dezenas de motores de automóveis, aeronáuticos e marítimos, centenas de miniaturas, troféus, objetos de arte e acessórios, mas também uma lancha de competição e muito mais. Este acervo que normalmente não está exposto, constitui um reservatório extraordinário que permite ao museu organizar exposições temáticas temporárias e, à Alfa Romeo, participar em eventos externos, mostras e manifestações variadas.

As visitas à coleção vão estar sujeitas a marcação para grupos com um máximo de 10 pessoas, com visita guiada. Para informações e marcações: [email protected] Na quarta-feira 24 e no fim de semana, os “alfistas” terão ainda oportunidade de participar em desfiles na pista interna. Para evitar concentração de pessoas, é necessário confirmar a participação por e-mail enviado para o endereço [email protected] De referir ainda a presença em Arese do novo Giulia GTA, a icónica série limitada concebida para o 110.° aniversário da marca. A partir de 24 de junho, o Museu Alfa Romeo também vai ser palco de exclusivas antestreias privadas para clientes.

Para o fim de semana estão também programadas as conferências “Backstage”, dedicadas ao aprofundamento de capítulos menos conhecidos da história da Alfa Romeo: os dois encontros inicialmente previstos para março e abril, suspendidos por causa da emergência sanitária, foram reprogramados respetivamente para sábado 27 de junho (Spider Monoposto concept, versão radical do 916) e para domingo 28 de junho (164 Q4, secção do topo de gama de tração integral). Ambos os encontros serão realizados na sala Giulia, às 15h00. As conferências estão incluídas no bilhete de entrada, sendo necessária marcação em [email protected]

Organizado em três áreas temáticas - Timeline, que representa a continuidade industrial; Bellezza, que une estilo, design e lifestyle; e Velocità, síntese de tecnologia, temperamento desportivo e prazer de condução -, o Museu Alfa Romeo apresenta-se com um visual parcialmente renovado, graças a algumas novidades como, por exemplo, a remodelação da seção dedicada à produção Avio com a exposição do ’“Angelo dei bimbi” (Anjo das Crianças), o avião Sai Ambrosini 1001 Grifo que, em 1949, protagonizou um raide de beneficência sobre a rota Milão-Buenos Aires.

Inaugurado em 1976 este espaço que foi completamente reestruturado e reequipado em 2015, estende-se por uma superfície de mais de 6 mil metros quadrados e dispõe de amplas áreas externas, garantindo, assim, que os visitantes e staff beneficiem de distanciamento social exigível no atual contexto de saúde pública. Em caso de afluxo elevado, as entradas poderão ser fechadas temporariamente para evitar aglomerações.

Recorde-se que é obrigatório fazer marcação para visitas guiadas, seja ao museu, seja à coleção, para grupos com o máximo de 10 pessoas e para participar nas diversas atividades programadas pelo museu, desde a projeção em direto dos GP de Fórmula 1 (primeira prova no domingo 5 de julho para o GP de Áustria) até às conferências Backstage: será permitida a entrada até ser atingido o número máximo de participantes permitido. Todas as informações sobre o calendário de atividades estão disponíveis em www.museoalfaromeo.com.

scroll up