Ford Mustang Mach-E com nível de autonomia mais preciso

|AUTOCLUBE

Recorrendo ao inovador sistema Intelligent Range, este SUV é o primeiro Ford a melhorar a precisão da autonomia de condução.

Ford-Mustang-840

A Intelligent Range do Mustang Mach-E pode calcular com precisão os quilómetros de autonomia restantes do SUV elétrico, ajudando a reduzir a ansiedade que resulta da necessidade de saber onde e quando o cliente pode carregar a bateria.

Este sistema inovador tem a função de prever a autonomia restante baseando-se no comportamento de condução anterior e nas previsões meteorológicas – recorrendo à Cloud para verificar a energia necessária à condução futura. O sistema de bateria do veículo informa quanta energia tem disponível, enquanto o módulo do motor faz seguimento da energia que está a ser usada.

Uma temperatura mais alta ou mais baixa terá impacto na autonomia total, pelo que Intelligent Range tomará, também, esse dado em consideração, atualizando a autonomia estimada ao longo do trajeto. Assim, o SUV 100% elétrico pode avaliar quanta energia é usada sob diferentes circunstâncias incluindo a variação de velocidade, de terreno e das condições climáticas.

Se a autonomia se vir afetada de maneira considerável, no início da viagem, os clientes recebem um notificação destacando o novo cálculo de autonomia e os motivos da alteração. No caso do Mustang Mach-E ficar sem bateria, o programa de Assistência em Estrada para Veículos Elétricos rebocará os clientes ao local de carregamento mais próximo, que pode ser uma localização da rede de carga FordPass, um concessionário Ford certificado para veículos elétricos, a residência do cliente ou um ponto de carregamento público próximo.

"A Ford está a aproveitar o poder da Cloud para realizar estimativas ainda mais precisas, reduzindo a necessidade de paragens inesperadas para carregamento, ajudando a reduzir o stress consequente nos clientes”, afirma Mark Poll, Manager Experiência de Cliente no Carregamento de Veículos Elétricos, da marca.

O Mustang Mach-E 100% elétrico, com uma autonomia de condução de até 600 km, segundo o World Harmonised Light Vehicle Test Procedure (WLTP), está no topo da gama de veículos eletrificados Ford em rápida expansão e é um dos 18 novos veículos eletrificados que a marca está a lançar na Europa até ao final de 2021.

scroll up