Mais fiscalização e regulamentação do Estado junto do setor do ensino da condução é o apelo deixado hoje pelo presidente do Automóvel Club de Portugal na apresentação da Capital Jovem da Segurança Rodoviária que este ano decorre no Porto.

Para o presidente do ACP, Carlos Barbosa, “não se percebe como o Estado fiscaliza e monitoriza todas as instituições de ensino e as escolas de condução são deixadas praticamente à mercê dos códigos de ética de quem as dirige. E os pais, que procuram sempre a melhor escola para os seus filhos, no caso da condução muitas vezes deixam-se arrastar por publicidade enganosa e, pior, por graves falhas no ensino”.

Para resolver esta questão, Carlos Barbosa apresentou o seu contributo nesta matéria, já a pensar no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária – Pense 2020, em que se destaca “uma fiscalização efetiva às escolas de condução” através de uma série de medidas, nomeadamente a verificação do licenciamento dos automóveis destinados ao ensino e a obrigatoriedade das escolas terem um quadro de pessoal em função da sua dimensão.

Mas para o presidente do clube também é necessário uma fiscalização efetiva ao ensino prestado pelas escolas, sendo necessário avançar com o sistema de monitorização das aulas em tempo real; verificar se o ensino dos módulos de aulas de código está de acordo com a legislação; colocar inibidores de sinal nos espaços onde se realizam exames de código; introduzir sistemas de videovigilância nos espaços de exame de código, entre outras medidas.

Para Carlos Barbosa, o ensino da condução é fundamental para a segurança rodoviária e é o corolário de um percurso que deve ser iniciado na infância. “No ACP damos especial atenção à educação rodoviária por entendermos que as crianças são os melhores condutores de boas práticas junto dos pais e adultos”, sendo por isso que o clube lançou em 2012 o ACP Kids. “É o único programa estrutural de educação rodoviária dirigido ao pré-escolar e ensino básico e é permanentemente alvo de avaliações internacionais, comprovadas através do Prémio Excelência da Comissão Europeia e de vários reconhecimentos e patrocínios da Federação Internacional do Automóvel”. Na Capital Jovem da Segurança Rodoviária, que este ano decorre entre 1 e 6 de maio, no Porto, Gaia, Maia, Matosinhos e Póvoa do Varzim, o ACP marca uma presença intensa, que não se resume ao ACP Kids: há ainda “A minha primeira aula de condução” e uma ação promocional do Rally de Portugal, que pelo terceiro ano consecutivo se desenrola no Norte, bem como a ação de abertura.


16/02/2017

Politica de Utilização de Cookies

Este site utiliza Cookies de acordo com a política em vigor. Ao navegar em acp.pt estará a consentir a utilização dos Cookies. Saber mais